Seja bem-vindo(a) ao espaço que pretende ser, simultaneamente, depósito de memória e elemento catalisador de união entre os Sampedrenses.
Ao contrário do que o nome possa fazer transparecer, não se trata de uma associação que exija vinculo por quotas, mas sim, de um grupo de sampedrenses que pretendem, com a sua união, ver nascer uma tradição que querem fomentada e implementada por todos.

Viva SÃO PEDRO DE RIO SECO


Novamente no ar. Desculpem a demora. Grato pela fidelidade.

15 de novembro de 2010

Passado Simples – Presente Perfeito (19)

Estimados Sampedrenses, amigos leitores e visitantes

Muito bom dia caríssimos. Com enorme e agradável surpresa, felizmente que não tem faltado matéria para manter vivo este espaço e, no caso vertente, a presente rúbrica. Poderá já parecer recorrente mas não obstante aqui colocar tão belas recordações, falta-me capacidade “fotográfica” para identificar todos os nossos conterrâneos, tanto no tempo como no espaço e pior ainda, identificá-los a eles próprios.

Contudo estou sossegado, porque sei de antemão que, mais cedo ou mais tarde, algum de vocês, os identificará.

Sem mais delongas

Sampedrenses

PS: Correndo o risco de estar completamente enganado, deixo-vos com alguns palpites, para esta foto.

Os dois jovens à frente e partindo da nossa esquerda para a direita, parecem-me respectivamente o Toninho Bolota e o Manuel Alcino. Logo atrás e com o guarda chuva a minha mãe e à sua esquerda, creio que a mitigar a sede, meu “padrinho” Ti Manuel Taberneiro, pai do Manuel Alcino.

Se assim não for, não fiquem agastados comigo, dado tratar-se somente de um palpite.

Um forte abraço deste Sampedrense convicto

Citrus Sénior

Sem comentários: