Seja bem-vindo(a) ao espaço que pretende ser, simultaneamente, depósito de memória e elemento catalisador de união entre os Sampedrenses.
Ao contrário do que o nome possa fazer transparecer, não se trata de uma associação que exija vinculo por quotas, mas sim, de um grupo de sampedrenses que pretendem, com a sua união, ver nascer uma tradição que querem fomentada e implementada por todos.

Viva SÃO PEDRO DE RIO SECO


Novamente no ar. Desculpem a demora. Grato pela fidelidade.

13 de outubro de 2009

RIBEIRA DE TOIRÕES

Conforme informações recolhidas, nasce em Nave de Haver e vai desaguar como afluente do rio Águeda, na zona mais Ocidental, perto dos limites entre as freguesias de Escarigo e de Almofala.

O exercício que agora proponho deve-se à proveniência do seu nome.

Toirão

Mustela putoriusO toirão (Mustela putorius) é um pequeno e belo carnívoro de hábitos discretos e que se distribui por todo o território continental. Aparentado com o furão, a sua situação populacional é mal conhecida, sendo aparentemente pouco comum.

 

Toirão - ave

037001a001_j2 O toirão-do-mato (Turnix sylvatica) é uma ave parecida com uma codorniz mas que é mais próximo dos grous, ou seja, embora se assemelhe a uma codorniz no tamanho e na coloração, o toirão é na verdade da ordem dos Gruiformes.

As características mais marcante são a mancha alaranjada no peito e as malhas nos flancos.

Distribui-se pela África tropical, havendo uma população residual no sul de Espanha, a subespécie Turnix sylvatica sylvatica. O toirão era comum em Portugal até ao final do século XIX, mas a sua população diminuiu rapidamente ao longo do século XX, o que terá conduzido à sua extinção. Os registos mais recentes devidamente documentados são anteriores a 1950 e a situação actual do toirão em Portugal permanece um enigma, não havendo qualquer evidência de que ainda ocorra regularmente em Portugal.

No Museu de Coimbra encontram-se expostos alguns exemplares, abatidos naquela região no início do século XX.

Turnix_sylvatica-Toirão do Mato

Haverá alguém que possa elucidar?

 

Citrus Sénior

Sem comentários: